Skip to content

20 de janeiro: Missa tridentina em honra de São Sebastião

16/01/2012

Salve Maria!

Na Antiga Sé do Rio, no próximo dia 20 de janeiro, às 10h, será celebrada a Santa Missa na forma extraordinária do Rito Romano, pelo Pe. Anderson Batista da Silva, em honra de São Sebastião, Padroeiro da Cidade do Rio de Janeiro.

No século XVI, por dez anos ocuparam os franceses, muitos deles calvinistas, a costa da Baía de Guanabara, entre 1555 e 1565, sem sofrerem oposição armada. Em 1565, porém, Estácio de Sá determinou-se a expulsar os invasores e instalou-se com seus homens entre os morros Cara de Cão e Pão de Açúcar, fundando no dia primeiro de março a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, cuja proteção foi confiada ao santo mártir.

Foram dois anos de luta entre portugueses e franceses. Os índios tamoios aliaram-se aos franceses, e os temininós — entre os quais o Arariboia, que seria fundador de Niterói, fidalgo da Casa Real e cavaleiro da Ordem de Cristo — juntaram-se aos portugueses.

No dia 20 de janeiro de 1567, dia de São Sebastião, foi enfim conseguida a vitória sobre os franceses, que resistiam em Uruçu-mirim — atual Praia do Flamengo — e Paranapuã — atual Ilha do Governador. Consta nos relatos que o próprio São Sebastião participou da batalha, guerreando ao lado dos cariocas.

O jovem capitão Estácio de Sá, tal qual São Sebastião, foi ferido gravemente por uma flecha, durante a batalha de Uruçu-mirim, e veio a falecer um mês depois, provavelmente por septicemia decorrente do ferimento.

São Sebastião, Admirável Padroeiro do Rio de Janeiro, rogai por nós!

Anúncios

From → Uncategorized

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: